Carregando ...

Praça da Catedral, s/nº - Centro - CEP: 13400-150 - Piracicaba-SP

(19) 3422-8489
Notícias › 24/10/2016

No dia do Ecumenismo, Comissão apresenta proposta de formação

Na sexta-feira, 21 de outubro, foi celebrado no Brasil o Dia do Ecumenismo. Nesta data, a Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) apresentou o programa de formação para professores e agentes de Pastoral envolvidos com a causa ecumênica. De 3 a 5 de fevereiro de 2017, acontecerá no Centro de Formação Sagrada Família, em São Paulo (SP), o VII Simpósio de Formação Ecumênica e XVII Encontro de Professores de Ecumenismo e de Diálogo inter-religioso, que já está com as inscrições abertas.

O tema escolhido para o evento é “Fundamentos e caminhos para o Diálogo Inter-Religioso”. De acordo com o assessor da Comissão para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da CNBB, padre Marcus Barbosa Guimarães, a proposta é de os participantes conheçam e aprofundem os fundamentos e caminhos para fortalecerem a dimensão inter-religiosa na missão evangelizadora.

Antes da abertura do Simpósio, o Grupo de Reflexão para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso (Gredire), ligado à Comissão, terá uma reunião. Haverá conferência e debate sobre a temática central do simpósio “Fundamentos e Caminhos para o Diálogo Inter-religioso” com o doutor em Ciência da Religião pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF – MG) e licenciado em Teologia, padre Enio Marcos de Oliveira. O evento contará com celebrações, momentos de oração e painéis com lideranças de diferentes religiões.

No folder de divulgação do evento, há uma frase do papa Francisco, durante sua visita a Assis, na Itália, que pretende motivar os participantes. O trecho da fala do pontífice sugere que a “Paz significa Educação: uma chamada a aprender todos os dias a arte da difícil comunhão, a adquirir a cultura do encontro”. O trecho ainda aponta para o desejo de que homens e mulheres de religiões diferentes se reúnam e criem concórdia em todo lado, especialmente onde há conflitos. “O nosso futuro é viver juntos’’, disse o papa na ocasião.

Objetivo

Em sua sétima edição, o Simpósio é realizado anualmente. Padre Marcus Barbosa o considera “uma excelente oportunidade para ajudar a semear e fazer crescer a cooperação ecumênica das Igrejas no Brasil”, sobretudo no seu objetivo central de capacitar agentes de pastoral das Igrejas particulares e professores de ecumenismo e diálogo inter-religioso em institutos, faculdades e escolas públicas e particulares. A cada evento é tomado um tema de relevância para a missão ecumênica.

Ações da Comissão

No contexto de seu campo de atuação e evangelização, a Comissão Episcopal para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da CNBB vai além da formação e realiza neste ano, entre outras atividades, a rearticulação das Comissões Bilaterais, como a do diálogo luterano-católico e também com a Igreja Anglicana, esta última com a presença de leigos. Também está na pauta de ações da Comissão a reestruturação dos trabalhos dos regionais da CNBB, temática que terá um momento dedicado a propostas de articulação durante o Simpósio.

“Nós temos certeza que será possível crescer em comunhão fraterna e sobretudo na sensibilidade para a unidade a ser realizada não apenas no centro, na Presidência ou no Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da CNBB, mas na base, onde vive o nosso povo e as nossas igrejas continuamente se encontram para construir, realizar o reino do Senhor”, manifestou o bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda (RJ) e presidente da Comissão para o Ecumenismo da CNBB, dom Francisco Biasin.

Faça o download do folder do Simpósio com a ficha de inscrição.

Por CNBB

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.