Praça da Catedral, s/nº - Centro - CEP: 13400-150 - Piracicaba-SP

(19) 3422-8489
Notícias › 29/01/2020

Bispos de estados afetados por chuvas convocam à solidariedade

EPP-R7-NW4-AEx-Coq-1

Defesa Civil de Minas Gerais: Sempre Presente

Frente às chuvas que causaram inundações e deslizamentos, deixando mortos e desaparecidos nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro, bispos dessas regiões convocaram os fiéis à solidariedade e promovem campanhas para arrecadar doações para os atingidos.

Em nota, o Regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) expresso sua “sua tristeza pelas perdas” e solidarizou-se “com as vítimas e seus familiares”, “diante das mortes e estragos causados pelas fortes chuvas que atingem a região Sudeste do Brasil, particularmente os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo”.

“Agradecemos a Deus pela abundância da chuva e o benefício que ela traz. No entanto, não podemos esquecer que em grande quantidade ela pode criar situações de calamidade, na qual a população, em precárias condições de vida, é a mais atingida. Há, contudo, a necessidade do comprometimento de todos na preservação do meio ambiente, no cuidado com as matas ciliares, na destinação correta do lixo, etc.”, acrescenta o texto assinado pelos bispos da presidência do Regional.

Por fim, afirma que, “solidários com nossos irmãos e irmãs, o Regional Leste 2 conclama a sociedade em geral para se empenhar em favor das famílias e já se colocou à disposição para contribuir na organização de iniciativas de solidariedade e somar com as já existentes”.

“Que o Deus da vida conceda força e coragem às famílias e nos conserve unidos na esperança, no amor, na fé e na solidariedade”, conclui a nota.

Segundo boletim divulgado nesta terça-feira pela Defesa Civil Estadual, as fortes chuvas que atingem cidades de Minas Gerais desde sexta-feira, 24 de janeiro, deixaram até o momento 50 mortos e duas pessoas continuam desaparecidas, sendo uma em Luisburgo e outra em Conselheiro Lafaiete. Além disso, há 28.043 desalojados e 4.101 desabrigados no estado, onde o governo decretou situação de emergência em 101 municípios.

Já no estado do Espírito Santo, as chuvas atingem diversas cidades desde o dia 17 de janeiro. Segundo a Defesa Civil Estadual, nove pessoas morreram, 10.633 estão desalojadas e 1.918 estão desabrigadas.

Diante dessa situação, paróquias da Arquidiocese de Belo Horizonte (MG) estão arrecadando doações para as famílias que perderam seus pertences no temporal. Os endereços e telefones das paróquias que abriram suas portas para recolher as doações pode ser acessado no site da Arquidiocese AQUI.

Por sua vez, o Arcebispo de Vitória (ES), Dom Dario Campos, convocou, por meio de uma mensagem de vídeo, os fiéis a se mobilizar para ajudar os atingidos pelas chuvas no estado.

“Nosso povo está precisando de água e material para limpeza. Já chega a notícia de que a água não vai poder ser tratada. Então, se você puder colaborar, ajudar, trazendo para nossas comunidades, para nossas igrejas, para nossas paróquias e para a Cúria Metropolitana água e material de higiene, de limpeza, fica aqui o meu agradecimento”, declarou o Prelado, exortando a “unir as nossas forças e ajudar a salvar nosso povo do Espírito Santo”.

Também no Norte e Noroeste do estado do Rio de Janeiro, as chuvas desde sexta-feira causam estragos, deixando cidades debaixo d’água. Segundo a Defesa Civil, mais de 6 mil pessoas estão desalojadas e desabrigadas na região.

Em resposta às tragédias, a Diocese de Campos dos Goytacazes realiza uma campanha de arrecadação de roupas, alimentos, água e outros donativos para ajudar os atingidos pelas chuvas e inundações.

De acordo com o site da Diocese de Campos, iniciou-se a campanha de arrecadação de donativos por meio das Paróquias de Senhor Bom Jesus e de São José, na cidade de Bom Jesus do Itabapoana. As doações podem ser entregues nas secretarias das duas paróquias, ou ao final das Missas.

Por meio de uma nota publicada em seu perfil no Facebook, o Bispo de Campos, Dom Roberto Francisco Ferrería Paz, manifestou solidariedade às “inúmeras famílias desabrigadas e desalojadas em todo o norte e noroeste fluminense”.

“Sabemos o que significa em termos de perdas deixar uma casa ou até certamente mais sagrado e precioso vidas humanas e de criaturas que amamos. Sintam-se unidos a uma grande corrente de oração e solidariedade que expressará em gestos concretos a partilha fraterna para recomeçar”, acrescenta o Bispo.

Diversas cidades da Diocese de Campos foram inundadas devido à elevação do nível dos rios Itabapoana, Muriaé e Carangola. Diante disso, o pároco de Santo Antônio e, Porciúncula (RJ), Padre Thiago Linhares, convocou os católicos a estar atentos às necessidades dos outros, sobretudo dos idosos.

Em declarações ao site da Diocese de Campos, o sacerdote se uniu “em oração a todos os atingidos para que Deus lhes sustente a esperança e não permita que esmoreçamos”.

“Convoco os paroquianos a estarem de prontidão a servirem aos mais necessitados assim como aos voluntários, vencendo aquilo que o Papa chama de ‘ditadura da indiferença’. Nossa Paróquia está fazendo tudo que está a seu alcance para contribuir neste momento de imensa tristeza para nossa cidade”, disse.

Via ACI Digtiial

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.